Boletim de Informações da SETIN - BIS Boletim de Informações da SETIN - BIS

BOLETIM DE INFORMAÇÕES DA SETIN - 5ª EDIÇÃO

 

5ª EDIÇÃO - 22 de maio de 2017

 

Sistema de Sala de Sessão - versão adaptada

para integração com Plenário Virtual

No dia 4 de maio foi implantada a última versão do novo Sistema Sala de Sessão, adaptado para integração com o Plenário Virtual. O novo sistema estava sendo utilizado somente pelas 3ª e 6ª Turmas, como parte da estratégia de implantação do Plenário Virtual. Atualmente, vem sendo utilizado por todos os Ministros do Tribunal. Em paralelo a essa implantação, foi desativado, oficialmente, o antigo Sistema Sala de Sessão, desenvolvido numa tecnologia já considerada obsoleta nos dias de hoje.

Para conhecer as novas funcionalidades do Sistema Sala de Sessão, acesse  o site de Autoatendimento de TI (
http://www.tst.jus.br/web/autoatendimento), escolha a opção "GABINETES", vá para o item "Sala de Sessão" e clique no ícone PDF correspondente ao documento "Novo Sistema de Sala de Sessão - Módulo Plenário Virtual". Ou então, acesse o documento diretamente aqui

 

Ciberataque Global

 

Na última sexta-feira, 12/05/2017, ocorreu um ciberataque em nível global que afetou computadores e arquivos em diversas organizações, públicas e privadas, resultando em aproximadamente duzentas mil vítimas ao redor do mundo, em torno de cento e cinquenta países afetados.

 

No TST, não houve casos relatados de infecção por este vírus. Para minimizar os riscos de se tornar alvo, a SETIN mantém as diversas ferramentas de Segurança da Informação atualizadas, assim como os sistemas operacionais dos computadores pessoais. Além disto, desde a identificação do ataque, vem realizando verificações com maior frequência para garantir que tanto as atualizações do Windows, quanto as do antivírus se mantenham em dia.

 

Mesmo com as ações da SETIN, é de fundamental importância que todos observem as boas práticas rotineiramente reforçadas em nossos informativos:

- mantenha seu antivírus atualizado;

- certifique-se que o Windows (ou outro sistema operacional) esteja com as últimas atualizações aplicadas;

- não abra e-mails com assunto ou conteúdo duvidosos. Observe que, por vezes, um e-mail contaminado pode vir em nome de alguém conhecido, então a regra básica da segurança da informação é: duvide sempre!

- não clique em links suspeitos, certifique-se antes de clicar que aquele link é algo que solicitou ou que saiba do que se trata;

- evite baixar programas da internet, a maioria deles contém algum código malicioso.

Média (0 Votos)

 



Conteúdo de Responsabilidade da ARTI

 Assessoria de Relacionamento de TI

Email: arti@tst.jus.br

Telefone: (61) 3043-7878