Pular para o conteúdo


 

 

 

Viva com mais Saúde no Trabalho

Nesta sessão disponibilizaremos vídeos elaborados pela equipe do TST em Movimento sobre Ergonomia e também algumas aulas de ginástica laboral para que os serviores possam realizá-las no momento que for mais conveniente. Outros vídeos com conteúdos relacionados à área de atuação do TST em Movimento também poderão ser postados. 

 

Veja mais Vídeos

A tela deve ser posicionada cerca de um braço

estendido (45 a 70 cm) de distância do servidor.

 

 

  VEJA OUTRAS DICAS

 

Danielle do Rego Monteiro Ferreira

No final de 2017, com a conclusão do Programa Medida Certa, tivemos uma servidora que se destacou pelo seu envolvimento, comprometimento e por ter alcançado sua meta de redução de peso ao longo das 12 semanas de Programa.

Danielle do Rego Monteiro Ferreira, é servidora do TST há 25 anos e está lotada no GMACV. Iniciou o programa com 76 kg e ao final de 12 semanas atingiu 63,3 kg, uma redução de 12,7 kg!! A meta estipulada para ela era de 66 kg ao final das 12 semanas e ela não só atingiu como baixou sua meta! Além da perda de peso, também conseguiu reduzir em 10 cm a circunferência de sua cintura. A equipe do TST em movimento tem muito orgulho em ser parte da sua conquista!

Abaixo, segue o relato de Danielle sobre sua participação no Medida Certa:

“Participar do Programa Medida Certa foi bastante desafiador e estimulante e o resultado final trouxe muita satisfação e alegria para mim.

Confesso que o fato de eu ter que me pesar uma vez por semana, durante o período do Programa foi de grande importância. De certa maneira, fiquei mais atenta as minhas escolhas alimentares, mais focada em minha meta e mais consciente em relação ao processo pelo qual estava passando. Além disso, o contato semanal com a equipe do Programa Medida Certa me ofereceu o suporte necessário para eu fazer tudo de forma equilibrada e ponderada, bem como para eu não desistir.

Foram meses de uma energia leve e tranquila, que me ajudaram a ter confiança, perseverança, disciplina e alegria para atingir o objetivo que me foi proposto. A mudança de hábitos trouxe descobertas incríveis para mim, inclusive, no que se refere à questão do autoconhecimento e da autoconfiança.

Eu havia engordado 10 kg em sete meses e fiquei preocupada com a minha saúde.  Procurei a minha cunhada, que é endocrinologista.  Fiz os exames que ela me solicitou e os resultados não foram bons, pois as taxas de glicose, de gordura no fígado e outras estavam altas. Ela conversou muito comigo a respeito da importância de uma alimentação saudável para se atingir uma melhor qualidade de vida no presente e no futuro e me encaminhou para a nutricionista, que me propôs perder 12 kg.

A partir dai, matriculei-me em uma academia perto de minha casa, comecei a fazer terapia em grupo e me inscrevi no Programa Medida Certa.

A equipe do Programa Medida Certa sempre muito atenciosa e dedicada me motivou demais. As pessoas me deram muita força e foi muito bacana vê-los vibrando comigo por minhas pequenas conquistas, semana a semana.

As palestras do Programa Medida Certa foram bastante educativas, sendo que alguns paradigmas foram quebrados e alguns mitos foram desmistificados com as informações e exemplos esclarecedores apresentados pelos palestrantes. Aos poucos, fui descobrindo que, aderindo a uma alimentação saudável e à prática de esportes, muitas doenças e desconfortos poderiam ser eliminados.

As palestras de nutrição foram muito informativas e esclarecedoras.  As palestras com os psicólogos, coachs e educadores físicos aumentaram a minha autoconfiança e a minha força de vontade. Aprendi muito com o Programa Medida Certa.

A busca pela qualidade de vida, o cuidado com a minha saúde, o pensar em como eu quero estar, em termos de saúde e de qualidade de vida, daqui a alguns anos, tudo isso me levou a uma reconexão comigo mesma.

A busca pela qualidade de vida, o cuidado com a minha saúde, o pensar em como eu quero estar, em termos de saúde e de qualidade de vida, daqui a alguns anos, tudo isso me levou a uma reconexão comigo mesma.

Mudei os meus hábitos alimentares e voltei a praticar atividade física, sempre gostei de atividade física, mas fazia tempo que não conseguia incluí-la no meu dia-a-dia. Não cheguei a fazer restrição de alimentos, apenas fiz algumas substituições equilibradas - de acordo com as prescrições médicas - e eliminei o que me fazia mal, como por exemplo, refrigerantes, chocolates e doces. Por outro lado, acrescentei mais frutas, verduras e legumes às refeições. Não fiz uso de remédios para emagrecer.

Hoje estou muito melhor comigo mesma.

Gratidão a Deus e a todos os envolvidos nesse meu amado processo!”